TRAVESSIA A NADO MADEIRA DESERTAS CONCLUÍDA COM SUCESSO PELOS 9 ATLETAS MADEIRENSES

Posted on Posted in Natação

Realizou-se ontem, com total sucesso, a Travessia a Nado Madeira-Desertas, numa organização do Ludens Clube de Machico, com o apoio de diversas entidades e muitos voluntários integrados na equipa de apoio. Participaram no evento 9 atletas regionais, com a particularidade de apenas um ter um passado desportivo ligado à natação, sendo os restantes Triatletas. 
A partida teve lugar da Quinta do Lorde (Caniçal), sendo o ponto de chegada o Ilhéu-Chão, a mais pequena e próxima das ilhas Desertas. Aproveitando as ótimas condições de mar encontradas, e a ajuda favorável da corrente em grande parte do percurso, todos os 9 atletas concluíram a prova com um tempo inferior ao previsto, apesar das dificuldades encontradas na fase final da prova, com a mudança da maré e a influência das correntes na aproximação às Desertas. A distância final percorrida ficou-se pelos 25 Km, uma vez que as condições de mar permitiram um trajeto quase a direito para o Ilhéu-Chão.
Na fase inicial, o grupo de atletas manteve-se compacto, apenas com Pedro Sousa e Humberto Gonçalves um pouco atrás. Pedro Sousa acabou por recuperar algumas posições ao longo da prova, trocando de posição com Fábio Gonçalves, que perdeu o contacto com o grupo da frente. Na liderança, Paulo Margarido e Artur Pestana foram os primeiros a destacar-se do grupo, por volta dos 15 Km de prova, seguidos depois por Duarte Martins, que também se isolou do grupo mais numeroso. Com a aproximação às Desertas, Duarte Martins, que optou por um trajeto mais a direito, encontrava-se mais próximo do Ilhéu Chão do que Paulo Margarido, que optou por uma rota mais afastada na aproximação, opção que se revelou mais  acertada. O triatleta do Clube Aventura da Madeira, no dia em que completou 45 anos, juntou ao seu vasto currículo como ex-ciclista de competição, e às melhores marcas pessoais na distância Triatlo Ironman (9h45m) e na maratona (2h40m), a vitória neste prova e com novo recorde do percurso, com o tempo final de 5h59m25s, provando a sua aptidão e polivalência para competições de longa duração nas diversas modalidades.
O trajeto mais rectilíneo escolhido por Duarte Martins, a que se juntaram nesta fase da prova algumas limitações físicas decorrentes duma lesão recente, levaram o triatleta do G.D. Corticeiras até à 2ª posição, a cerca de 12 minutos do vencedor. Com um excelente final de prova, Carla Patrícia Telo recuperou tempo para os da frente, terminando na 3ª posição absoluta e sendo a primeira atleta feminina da história a cumprir este percurso.  
Carlos Nóbrega e Pedro Sousa terminaram juntos com 6h14m26s, Artur Pestana com 6h15:50, Paulo Silva com 6h19m26s, Fábio Gonçalves com 6h29m35s e Humberto Gonçalves com 7h11m20s, culminando desta forma o longo período de preparação específica que realizaram para o alcançar deste objetivo.
O evento contou com o apoio da Capitania do Porto do Funchal, Associação Regional de Canoagem da Madeira, Marina da Quinta do Lorde, Câmara Municipal de Machico, Museu da Baleia, Galp Madeira, Sanas Madeira, Serviço Regional de Proteção Civil (EMIR), Parque Natural da Madeira, J. Roxo Alumínios e TSM.

Tempos finais:
Paulo Margarido 5h59m25s
Duarte Martins 6h11m25s
Carla Patrícia Telo 6h12m02s
Carlos Nóbrega 6h14m26s
Pedro Sousa 6h14m26s
Artur Pestana 6h15m50s
Paulo Silva 6h19m26s
Fábio Gonçalves 6h29m35s
Humberto Gonçalves 7h11m20s

Em breve disponíveis:

Fotos e vídeos